O que fazer em Cancún


O que fazer em Cancún era o que eu me perguntava, Porque Cancún? Pela cor do mar do Caribe? Pelas famosas casas noturnas? Sim! Mas também pela cultura maia e por outras coisas mais…

 

Inicialmente, seria uma viagem para poucos amigos, mas a galera foi aumentando e confesso que se tornou inesquecível, graças a presença de cada um que foi.

 

Cancún é um dos destinos mais procurados do mundo e recebe milhões de turistas por ano. Uma cidade linda, limpa, multi-cultural, além de intrigante.

 


  • Saia do Brasil conectado com internet ilimitada da melhor qualidade com a Easysim4u e viaje tranquilo

Poderei ir para lá várias vezes, que sempre vai ter algo novo para conhecer: Você quer balada top? Cancún oferece!  Você quer delirar com a história do mundo antigo, conhecendo o que os Maias nos deixaram? Cancún proporciona! Você quer curtir praia? Cancún presenteia com as mais lindas do mundo! Você quer descansar? Cancún tem e oferece uma zona hoteleira tranquila e sem barulho!

 

 

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

 

 

Resort:

Ficamos hospedados no Oasis Cancún. Área de lazer e piscina magnífica! Quartos arejados e limpos, mas deve-se tomar muito cuidado com dinheiro e passaportes. Ficamos sabendo de vários casos de roubo desses pertences, inclusive aconteceu com uma pessoa no nosso grupo. É só guardar no cofre do quarto que tudo isto pode ser evitado! Não se deve marcar bobeira.

 

Resort Oasis Cancún

 

Alimentação:

Eu passei por muitos problemas, apesar do resort oferecer o “all inclusive”, com restaurantes de várias nacionalidades. A culinária mexicana predomina aqui ou ali, ou seja, a comida é bem diferente da nossa, diferente até da própria comida mexicana servida no Brasil.  Nos shoppings encontramos Mc Donalds, Starbucks, Hard Rock Café, Outback e foi por lá que fizemos todas as nossas refeições à noite.

 

Transporte:

Não ande de táxi em Cancún! Os taxistas se aproveitam do fato de não ter taxímetro e a pessoa não combinar o valor antes de sair. Podem usar ônibus sem medo, sem perigo de assalto. Os ônibus tem ar condicionado e passam na porta do resort ou de qualquer parte da zona hoteleira de 5 em 5 minutos. A passagem custa 10 pesos ou 1 dólar para qualquer lugar da avenida, além dos motoristas serem muito educados: se alguém pedir para esperar, eles esperam; portanto, não se corre o risco de perder o ônibus.

 

Lembrete:

Os resorts, os shoppings e as boates são todas na mesma avenida, longe um do outro, mas na mesma direção. Não tem erro!

 

Passeios e baladas:

Alguns conhecidos indicaram uma empresa chamada FLOR DO CARIBE, que é basicamente uma empresa de brasileiros que moram em Cancún e prestam este serviço de venda de passeios e “personal balada”. É interessante porque eles realmente nos acompanham e nos dão dicas essenciais para não cairmos em nenhuma fria. Porém, os mexicanos se aproveitam um pouco em relação à conversão das moedas, de 1 dólar = 12,5 pesos. E isso tínhamos que saber porque cada loja tinha o seu câmbio. O auxílio que o Nelson Baroni e o João Marcos Diniz nos deram foi essencial para nossa viagem ser perfeita. Se você pretende ir para Cancún, procure-os, eles nos colocam em todos os passeios, no lugar mais VIP, comendo e bebendo muito bem e com um atendimento ótimo.

 

 

ROTEIRO DAS BALADAS

 

 

Coco Bongo:

Local onde foi gravado o famoso filme “O Máscara”, foi a única balada que fui. Lugar sensacional. Uma mistura de shows da Brodway com boate. Os shows são curtos e nos intervalos, tocam muita música eletrônica e até música brasileira. O povo pira quando toca “Ai se eu te pego” do Michel Teló e “Lepo Lepo” do Psirico. O Coco Bongo parece um sonho, enquanto você está lá, esquece do mundo e entra na vibe deles. Alguns amigos, gostaram tanto que foram duas vezes. Uma dica: não compre pista, porque eles lotam e você ficará se sentindo sardinha na lata. Indico comprar o VIP que nos custou 145 dólares: você tem um garçom praticamente exclusivo, além de mesa e banquinhos para sentar. Lembrando que é open bar. Banheiros do VIP extremamente limpos e uma pessoa para te entregar o papel toalha na mão.

 

Coco Bongo

 

The City:

É conhecida como a melhor boate da América Latina. Não fui, mas pelo depoimento dos amigos que foram, não chega nem aos pés de muitas baladas que temos aqui no Brasil. O diferencial lá é que jogam bolas grandes na pista de dança e todos interagem. O open bar não é um dos melhores, mas para quem gosta de música eletrônica, é uma boa pedida. O banheiro é limpo o tempo todo.

 

Dady’O:

Predominância de música eletrônica e tem a pista de dança giratória. O pessoal curtiu muito mais ela do que a The City, que tinha muito mais nome.

 

Señor Frogs:

Eles fazem a festas das cores. É uma balada mais infantil. Se não estiver afim de se sujar, tem um local onde podem ficar sem perigo. Os adolescentes adoram, mas acho que não era muito o que estávamos buscando. Quem foi no dia de balada, não curtiu muito. Eu fui um dia para comer. A comida demora muito e o garçom que me atendeu não era educado. Não fiquei muito tempo depois do ocorrido, mas quem ficou e esperou a comida, disse que gostou e que o prato é bem servido. Lá não é um local apropriado para quem quer ir comer. O som é alto, um pouco quente e as cadeiras são desconfortáveis. Se for, vá para balada.

 

 

ROTEIRO DE PASSEIOS

 

 

Parque Garrafon:

Fica apenas a 25 minutos de Cancún, na bela Isla Mujeres, o parque é conhecido mundialmente por sua beleza e atividades recreativas incríveis, como snorkeling, canoagem e tirolesas. Foi o local onde tiramos as fotos mais perfeitas da viagem. Ficamos na área VIP do Garrafon, com serviço all inclusive, único lugar com camarão à vontade e jacuzzis durante a viagem. Quem tiver a oportunidade, faça esse passeio. Um paraíso!

 

Parque Garrafon
Parque Garrafon
Tirolesa no Parque Garrafon

 

Dolphin Discovery:

Fica próximo ao Garrafon, também em Isla Mujeres, mas pegamos outro catamarã para chegar. Foi onde fizemos o nado com os golfinhos. Também ficamos numa área VIP. Podiam ser pedidos drinks das cores e sabores que quiséssemos, que os garçons faziam. Muito atenciosos. Atendimento sensacional. Com relação ao nado com golfinhos, é uma experiência única. Eles não são maltratados, como já ouvi pessoas dizerem. O amor dos tratadores com eles é emocionante. É como tratamos nossos cachorros.

 

Dolphin Discovery

 

Tulum:

É dos destinos mais intrigantes do México. Os maias construíram sua fortaleza envolta por grandes muros em um morro com vista para o mar. As ruínas, intactas, se localizam a cerca de 130 quilômetros ao sul de Cancún e estão, hoje, entre as mais visitadas do país.

 

Chichen Itza:

É uma cidade arqueológica maia localizada no estado mexicano de Yucatan, que funcionou como centro político e econômico da civilização maia. Tem vários atrativos: a Pirâmide de Kukulkán, o Templo de Chac Mool, a Praça das Mil Colunas e o Campo de Jogos dos Prisioneiros. Hoje, podem ainda ser admiradas e são demonstrativos de um extraordinário compromisso para com a composição e espaço arquitetônico, além da Piramide de Kukulkán ser considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno. No dia que fomos, tivemos o prazer de presenciar um fenômeno que só acontece 2 vezes por ano na Pirâmide. É um fenômeno solar que ocorre nos equinócios da primavera e de outono. Nestes dias, por volta das 16h, à medida que o sol se movimenta, a sua sombra projetada nas laterais de uma das escadarias da pirâmide, forma o corpo de uma serpente, que se desloca até tocar na cabeça da serpente emplumada que se encontra na base da escadaria norte. É simplesmente mágico!

 

Chichen Itza
Chichen Itza

 

Puerto Morelos e Playa Del Carmen:

Puerto Morelos fica a uns 40 minutos de Cancún e é onde se encontra o segundo maior recife de corais do mundo, perdendo somente para o que está na Austrália. É lindo o snorkeling, apesar do uso de coletes salva-vidas ser obrigatório o tempo todo, o que tira um pouco da liberdade de mergulho. Mas é muito válido. Playa Del Carmen é um pedacinho de Cancún. Várias lojas como Mac e bares como os da avenida mais movimentada de Cancún, La Vaquita, Coco Bongo, etc.

 

Puerto Morelos
Puerto Morelos
Playa del Carmen

Playa Tortugas:

Tivemos a oportunidade de fazer passeios mais radicais. O Jungle Tour não fiz, mas os amigos que fizeram, disseram que é muito legal: uma lancha para 2 pessoas pilotarem e fazerem snorkeling em alto mar. Vários de nós, saltaram de Bungee Jump, com uma queda livre de 25 metros. Uma dica importante: nunca contrate o passeio logo no primeiro ponto de venda. Contrate o Adventure Bay lá de dentro perto da torre do Bungee Jump, que é 15 dólares mais barato.

 

Bungee Jump – Playa Tortuga

 

Se posso deixar uma dica para você, a dica é: CONHEÇA CANCÚN.

 

Seja qual for a finalidade da viagem: férias com os amigos ou com a família, lua de mel.  Cancún é para todas as idades e todos os gostos. Merece entrar para a listinha de coisas que você tem que fazer na vida.


Este artigo foi escrito por: Pâmella Miranda

 

Pâmella em Foz do Iguaçu

Pâmella é formada em Administração de empresas e trabalha como produtora de eventos, mas suas verdadeiras paixões são: fotografia, aventura e viagens.

 

IG de Viagens: @tripsdapam

IG Pessoal: @pamellamiranda

 

 



ORGANIZE SUA VIAGEM

 

Organizando sua viagem através de nossas parcerias abaixo, você garante as melhores condições e nos ajuda a manter o blog.

 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Show fb like box